Carro forte destruído pela explosão
Carro forte destruído pela explosão
Estadão Conteúdo
Um assalto a um carro-forte da empresa Protege deixou um vigilante morto no começo da noite desta segunda-feira, 12, entre as cidades de Itatiba e Atibaia, no interior de São Paulo. A quadrilha, armada com fuzis, deixou o veículo destruído e fugiu deixando um rastro de cédulas no local do ataque. A identidade da vítima e a quantidade de dinheiro levado não foram reveladas. A polícia busca os criminosos responsáveis pelo roubo.
De acordo com informações da Polícia Militar, quatro veículos cercaram o carro-forte na Rodovia Dom Pedro I (SP-065) por volta das 19h20 e os criminosos atacaram os vigilantes; um deles morreu na hora após ser atingido no tórax. Imagens mostram a estrutura do veículo danificada; explosões teriam feito com que o carro perdesse o seu teto.
Gravações de testemunhas no momento do ataque mostram o momento em que os criminosos trocam tiros com policiais e fogem. Veículos que trafegavam na rodovia foram obrigados a parar no acostamento e os condutores buscaram abrigo.
Horas depois, dois carros usados pelo bando foram encontrados incendiados no bairro Pedreira, em Atibaia. Até às 23 horas desta segunda, ninguém havia sido preso pelo ataque.
Recorrência. Um carro-forte da mesma empresa já havia sido alvo de um ataque com características similares em 4 de março deste ano. O veículo foi cercado e bandidos usaram explosivos para acessar os malotes de dinheiro no seu interior. Na oportunidade, ninguém ficou ferido e não houve prisões relacionadas ao crime.
Veja o vídeo: