ALCAÇUZ: Itep monta ‘operação de guerra’ para reconhecer corpos de presos

O Instituto de Técnico-Científico de Polícia (Itep) está montando uma ‘operação de guerra’ para identificação dos corpos dos presos mortos durante a rebelião que durou pouco mais de 14h na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. Uma carreta frigorífica foi contratada para armazenar os corpos e legistas do Ceará e da Paraíba vão auxiliar no processo de identificação.

De acordo com o Itep, o órgão está preparado para receber 100 ou mais corpos, se for o caso. Segundo informações obtidas pelo Blog, 27 mortes já foram confirmadas. Oficialmente, o governo do RN diz que há ‘mais de dez mortos’.

Os corpos serão levados da penitenciária para o Itep nos rabecões e nos carros de perícia. “Estamos com todo o aparato pronto para receber os corpos e trabalhar na identificação”, informou Thiago Tadeu, chefe de gabinete do Itep.

Com informações do G1/RN

Nenhum comentário :

Postar um comentário