Rosalba diz que dívidas da prefeitura chegam a R$ 130 milhões em Mossoró



A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, informa que os levantamentos iniciais mostram que as dívidas do município chegam a R$ 130 milhões. Ela afirma que outro problema é o orçamento deste ano de R$ 600 milhões deste ano foi superestimado. Para enfrentar essas e as demais dificuldades no começo de uma administração em crise, Rosalba destaca que a ordem é reduzir gastos. Os ajustes são duros com cortes de até 50%dos cargos comissionados.

O montante da dívida corresponde a 25% do orçamento da Município para 2017, que é de R$ 600 milhões, enquanto o orçamento de 2016 foi da ordem de R$ 400 milhões. “Isso já mostra que devemos tomar medidas enérgicas, de contenção e contingenciamento de despesas”, diz Rosalba Ciarlini, daí a política de enxugamento da “máquina” da Prefeitura.


A medida de maior impacto, adotada por Rosalba até agora, foi o corte de 50% dos cargos comissionados. A estrutura da Prefeitura de Mossoró é bastante “inchada” e soma 6.300 servidores públicos, sem contar com os funcionários contratados das empresas terceirizadas.



Os salários de dezembro e uma parte da folha de novembro, dos funcionários efetivos, ainda não foram pagos. “Estamos com o 13º de outubro, novembro e dezembro não pagos”, informou Rosalba à TN, lembrando que a Prefeitura paga o Décimo no mês de aniversário do servidor. “Algumas empresas terceirizadas que estão há oito meses sem receber”, adiantou.


Leia mais AQUI

Nenhum comentário :

Postar um comentário