Casal do RN percorre mais de 10 km a pé para levar filha com microcefalia à terapia




Terapia melhora habilidades de crianças com microcefalia (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Um casal do interior do Rio Grande do Norte pegou carona e percorreu mais de 10 quilômetros a pé para levar a filha pequena, que tem microcefalia, para fazer terapia em uma universidade de Natal. Normalmente, a família viaja em um carro da prefeitura de Jandaíra, mas não conseguiu embarcar na última quarta-feira (31).
Francisca e Daniel da Silva contam com poucos recursos para cuidar dos quatro filhos — ele está desempregado e ela deixou o trabalho de faxineira para cuidar da família. “O que eu posso dar a ela [eu daria], se eu tivesse mais. “Às vezes eu choro, como eu tô chorando agora, porque eu não tenho”, disse a dona de casa à repórter da Inter TV Cabugi.
Anne Vitória, de um ano e três meses, nasceu com microcefalia congênita, o que significa que sua cabeça e cérebro são menores do que a média. Não existe cura para a condição, mas há terapias que podem melhorar as habilidades da criança. A família encontrou atendimento especializado gratuito na Universidade Potiguar (UnP) e começou o tratamento há um mês.
Sem dinheiro para pagar a viagem de Jandaíra a Natal, o casal foi com Anne Vitória até uma parada de ônibus do município, onde conseguiram carona em um ônibus até João Câmara. De lá, o motorista de uma carreta os levou até Ceará-Mirim. A última carona os deixou em Igapó, bairro da Zona Norte de Natal.  
Do G1 RN

Nenhum comentário :

Postar um comentário