Remédio composto por paracetamol está em lista de proibidos pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a distribuição, venda e uso de lotes de medicamentos para combate a calvície, problemas de pele, acne, depressão, epilepsia e dores musculares, de cabeça ou febre. Entre os medicamentos suspensos estão o Tylemax, composto por paracetamol. Veja abaixo detalhes sobre os medicamentos suspensos. Comente no fim da matéria. Segundo a Anvisa, foi determinado o recolhimento do lote 8417A, validade para março de 2018, do Tylemax, solução oral 200 miligramas por mililitro mg/ml, após detecção de irregularidades no processo de fabricação.
A Anvisa também suspendeu e determinou o recolhimento do lote 0015898 do medicamento similar Dormec (ácido acetilsalicílico) 100 mg, com validade para junho deste ano, após detectar valores de dissolução abaixo da especificação. O medicamento é indicado para alívio das dores musculares e das articulações e nos distúrbios inflamatórios agudos e crônicos, como artrite reumatóide, osteoartrite e espondilite anquilosante.
Fabricados pelo Laboratório Teuto Brasileiro S/A, o lote 2444907, validade para agosto de 2018, do medicamentos Amitriptilina, indicado para tratamento de depressão, e o lote 3122900, validade para maio de 2018, do medicamento carbamazepina, para tratamento de epilepsia, foram suspensos após detecção de “mancha escura, parecendo ser mofo” no remédio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário