Nível de água na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves continua diminuindo


 
A vazão liberada nas válvulas dispersoras para a perenização do rio Açu continua sendo de cinco metros cúbicos por segundo.
 
Exatos 16,45%. Essa é a reserva hídrica da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves no Vale do Açu. Como temos publicado aqui neste espaço virtual de notícias a quantidade de água do reservatório tem diminuído em larga escala e especialistas em recursos hídricos não descartam a possibilidade de este atingir até dezembro do ano em curso o tão temido volume morto que se caracteriza pela incapacidade da água ser captada por gravidade sem o uso de bombas. A vazão liberada nas válvulas dispersoras para a perenização do rio Açu continua sendo de cinco metros cúbicos por segundo. Em fevereiro a reserva hídrica chegou a marca dos 13,54%. Depois de um período chuvoso houve uma elevação considerável, embora tenha voltado a baixar. O volume atual da Barragem é de 394 milhões 873 mil e 400 metros cúbicos segundo dados divulgados nesta segunda-feira, dia 21 de agosto pelo DNOCS.

Da redação da Princesa

Nenhum comentário :

Postar um comentário