Bronze nos Jogos Paralímpicos de Atlanta, ex-nadador Adriano Galvão morre em Natal

A segunda-feira, 4, amanheceu triste em Natal. Aos 56 anos, o ex-nadador paralímpico do Rio Grande do Norte, Adriano Galvão Pereira, morreu na capital potiguar após passar 43 dias internado. Adriano conquistou a medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos de Atlanta, em 1996, e era tido como um dos principais paratletas da modalidade no Rio Grande do Norte.
Segundo informações de familiares, Adriano sofria de diabetes. Além da medalha de bronze em Atlanta, o nadador potiguar ainda conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de 2003, disputado na cidade de Mar del Plata, na Argentina. A última grande competição disputada por Adriano foi em 2008, quando ele participou dos Jogos Paralímpicos de Pequim, na China.
O velório de Adriano Galvão foi iniciado às 11h desta segunda-feira, no Centro Vila Flor, em Natal. O sepultamento, por sua vez, será realizado no cemitério municipal da cidade de São Tomé, onde nasceu. O município fica a 118km de distância da capital do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário :

Postar um comentário