Professores da UERN aprovam estado de greve

Professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aprovaram um estado de greve na instituição. A proposta prevê uma agenda de mobilização permanente da categoria. A decisão foi tomada na manhã desta sexta-feira, 1º de setembro, em assembleia geral realizada na Associação dos Docentes da Uern (Aduern). Os docentes da UERN vêm recebendo os salários com atraso há18 meses.
Será criada uma comissão de mobilização permanente, onde estará inserida a Diretoria da Aduern e os representantes do sindicato nos campi, além dos demais docentes que queiram se integrar. A comissão irá organizar as atividades e direcionar o processo de negociação junto ao Governo do Estado, buscando evitar uma paralisação por tempo indeterminado na UERN.

Nenhum comentário :

Postar um comentário