As vítimas de um grave acidente na BR-163, em Sinop, a 503 km de Cuiabá, na madrugada deste sábado (7), foram identificadas como Ruthy Meyre Costa Fonseca, Mariele Cunha de Miranda e Elder Luiz Almeida. Ruthy e Mariele eram professoras do campus de Sorriso do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), a 420 km da capital, e Elder era marido de Ruthy.
Eles estavam retornando para Sorriso quando o carro em que estavam colidiu de frente com um caminhão, que trafegava no sentido oposto. Os três morreram no local do acidente, que fica a 30 km de Sinop. Já o motorista do caminhão não sofreu ferimentos.
Por meio de nota, o IFMT lamentou a morte das duas professoras. O instituto informou que Mariele Miranda era engenheira florestal e Ruthy Fonseca, engenheira ambiental. As duas lecionavam para cursos técnicos e superiores do IFMT desde 2013.
Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sinop. Ainda não há informações sobre onde e quando os velórios serão realizados. Do G1