Itep-RN passa a realizar exames de retrato falado que vai auxiliar nas investigações de crimes

Órgão investiu R$ 20 mil para equipar o setor
O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) está dando início a realização de exames de retrato falado, que consiste em identificar pessoas por meio de características faciais. Este novo serviço irá auxiliar a Polícia Civil em investigações de crimes, facilitando na identificação de suspeitos.
Segundo Marcos Brandão, diretor-geral do Itep, foram investidos R$ 20 mil para reforma e aquisição de equipamentos necessários para abertura do setor.
“Este serviço é importantíssimo para auxiliar nas investigações. Com a realização do exame podemos ter uma aproximação de cerca de 90% das características faciais do suspeito”, revela.
O exame de retrato falado será realizado por um agente técnico forense papiloscopista, que irá atender possíveis vítimas para realizar a construção de um perfil facial do suspeito.
“Num primeiro momento nós entrevistamos a pessoa, e na sequência vamos formando o desenho diante das características que são repassadas”, comenta Francisco Canindé, papiloscopista responsável pelo retrato falado.
Para a abertura do setor, o Itep conseguiu recursos por meio de um convênio celebrado entre o instituto e 2ª Vara de Justiça Criminal.

Nenhum comentário :

Postar um comentário