Com salários atrasados, servidores da saúde do Estado deixam de ir ao trabalho por falta de dinheiro

Servidores do Walfredo Gurgel cobram salário atrasado (foto; Whatsapp)
Situação crítica dos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Norte. Com salário de novembro atraso e sem perspectiva de receber o décimo terceiro a que tem direito, e cuja data limite vence amanhã, alguns servidores da saúde que prestam serviço no Hospital Walfredo Gurgel estão deixando de ir ao trabalho  devido a falta de dinheiro para pagar o transporte coletivo ou colocar gasolina no carro.
Com isso o trabalho no maior Hospital da Rede pública estadual está com os serviços comprometidos.  Há informações de servidores que não tem mais o que comer em casa, isso acontece na saúde e também na Polícia militar.
Pronto Socorro Clovis Sarinho/Walfredo Gurgel (foto: WhatsApp)

Comentários