Decreto reduz duração do horário de verão e muda início para novembro a partir de 2018

Horário de verão está em vigor até fevereiro do próximo ano 
O presidente Michel Temer (PMDB) editou na sexta-feira, 15, um decreto para reduzir a duração do horário de verão, transferindo o início de outubro para novembro a partir do ano que vem.
De acordo com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência, o decreto será publicado na próxima segunda-feira, 18, no “Diário Oficial da União”.
O Planalto informou que a medida foi adotada atendendo a um pedido do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, para evitar atrasos na apuração dos votos e na divulgação dos resultados do pleito..
Segundo a assessoria de Temer, o decreto não mudará a data de encerramento do horário de verão, que continuará no terceiro domingo de fevereiro de cada ano.
Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.
Calendário
Com a mudança promovida por Temer, o horário de verão em 2018 começará em 4 de novembro, um fim de semana após o segundo turno das eleições, marcado para 28 de outubro.
Neste ano, o horário de verão começou em 15 de outubro e durará até 18 de fevereiro do ano que vem. (Com informações G1 e TV Globo, Brasília).

Comentários