Em parceria com o município, Emater operacionaliza o PPA – Compra Direta/2017

A EMATER operacionalizou em Alto do Rodrigues o programa Compra Direta, ligado a Agricultura Familiar referente a 2017.
Um total de 9 agricultores foram cadastrados e forneceram para o programa, produtos como: banana pacovan, mamão formosa, tamarindo, manga espada, acerola, macaxeira, mel de abelha em sachê, feijão verde, melancia, abóbora e limão comum, totalizando 20.968 kg.

Foram beneficiadas 14 instituições, entre escolas municipais e estaduais do município, assistência social e hospital, alcançando a marca de 3.812 beneficiários, cadastrados nas entidades e órgãos locais.

A presença da Emater desenvolvendo um trabalho em parceria com o município, foi iniciado no ano de 2010 e possibilitou a aquisição de um carro frigorífico e, de equipamentos importantes como: balanças digitais, computador para uso exclusivo do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos e PNAE – Programa Nacional da Alimentação Escolar. O Programa criado pelo Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS e executado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte – Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – SAPE, através da EMATER-RN, fomenta a economia local de diversos municípios potiguares, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional dos beneficiários.

Como forma de parceria, a Prefeitura Municipal de Alto do Rodrigues, através das secretarias de Agricultura e Educação, entram com todo apoio logístico e distribuição dos produtos para as entidades beneficiadas, bem como, na aplicação de um investimento da ordem de R$: 50.852,40 – destinados a compra dos produtos, que serão pagos diretamente aos agricultores fornecedores.

OBJETIVO DO CONVÊNIO
Apoio ao desenvolvimento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Compra Direta Local da Agricultura Familiar, por meio da aquisição de produtos agropecuários produzidos por agricultores familiares, que se enquadram no Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar – PRONAF e que se destinam ao atendimento das demandas de suplementação alimentar e nutricional dos programas sociais do Estado do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário :

Postar um comentário