Grêmio perde para Real Madrid e não conquista título do Mundial de clubes

 
O Grêmio pouco fez neste sábado na aguardada decisão do Mundial de Clubes de 2017. Diante do poderoso Real Madrid, a equipe brasileira foi dominada do início ao fim, praticamente não ameaçou o adversário e perdeu por 1 a 0, no Estádio Zayed Sports City, em Abu Dabi. Campeão também em 2016 ao derrotar o Kashima Antlers, o time madrilenho obteve o segundo título consecutivo da competição. 
Eleito neste ano o melhor jogador do mundo pela quinta vez, Cristiano Ronaldo também comprovou neste sábado que é um dos maiores da história. De falta, ele fez o gol do triunfo e se consolidou como o maior artilheiro da competição desde que a Fifa passou a organizá-la - tem sete, contra cinco de César Delgado, Lionel Messi e Luis Suárez.

Já o Grêmio, pressionado pelo Real Madrid e com dificuldades para impor seu jogo, teve poucas chances para conquistar o bicampeonato mundial. Em 1983, liderado em campo por Renato Gaúcho, a equipe brasileira vencera o Hamburgo na decisão realizada no Japão. Do banco, contudo, o técnico pouco pôde fazer para barrar o favoritismo do time espanhol.

 Jornal o dia

Comentários