Escritório do Empreendedor de Mossoró inicia atividades na próxima terça, no Partage Shopping

Unidade em Mossoró será nos moldes da que funciona no Shopping Via Direta, em Natal (Foto: Jucern/Assecom)
Com o objetivo de facilitar a vida do empreendedor potiguar, o Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Junta Comercial do Estado do RN (Jucern), lançou há pouco mais de um ano, o Escritório do Empreendedor (EE). A primeira unidade, em funcionamento no Shopping Via Direta, em Natal, reúne atualmente os serviços de 13 órgãos presentes no processo de abertura, alteração e baixa de empresas. O objetivo é oferecer tudo em um só local. Agora, a facilidade chegará também à cidade de Mossoró. Por meio de uma parceria com a iniciativa privada, a nova unidade do EE vai funcionar no Partage Shopping, das 10h às 19h, com início das atividades marcado para a próxima terça-feira, 9.
Inicialmente, estarão presentes no EE de Mossoró os seguintes órgãos: Jucern, Receita Federal, Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Tributação (SET), Instituto de Dedesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn), Instituto de Gestão das Águas do Estado (Igarn), Secretaria de Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria de Tributação Municipal e Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Urbanismo.
O Escritório do Empreendedor foi totalmente idealizado pelo governador Robinson Faria (PSD), com o intuito de desburocratizar o ambiente de negócios. Para a presidente da Jucern, Sâmya Bastos, os órgãos de registros precisam apostar na modernização de seus serviços. “Sabemos que tanto a Junta Comercial, quanto os demais órgãos de registros tem uma função estratégica de facilitar a vida do empreendedor para contribuir com o desenvolvimento econômico”, pontua.
Só a unidade descentralizada da Jucern em Mossoró é responsável por cerca de 1.800 atendimentos por mês, prestando serviço a diversas cidades da região, como Governador Dix-Sept Rosado, Caraúbas, Apodi, Felipe Guerra, Martins, Campo Grande, Janduís e Upanema. Com a Unidade do Escritório do Empreendedor será possível ampliar esse serviço, agilizando ainda mais o registro empresarial no Estado.

Comentários