PM que ocupou Governadoria deixa local, mas mantém greve de fome

Durou aproximadamente duas horas a ocupação de um cabo da Polícia militar à Governadoria do RN, nesta sexta-feira(5). Convencido por outros policiais, o cabo Gonçalves decidiu deixar o local e se apresentar no BPChoque. O policial, no entanto, diz que continuará com a greve de fome.
“Eu tenho um sonho e acredito em um Deus que realiza sonhos. Eu sonho que a polícia militar um dia será respeitada”, disse o cabo logo após deixar a Governadoria.
De acordo com ele, que está há mais de cinco anos no BPChoque, a saída não significa que ele cedeu à decisão, e sim que foi convencido pelos demais policiais. No entanto, ele garante que só sairá da greve de fome após a saída do governador do cargo e uma intervenção federal no Rio Grande do Norte.
“Peço que a sociedade do RN tome consciência que essa luta não é da polícia, mas de todos os servidores públicos. Temos que exigir uma auditoria nas contas, uma intervenção federal, porque algo está muito errado”, disse o policial que seguiu para o BPChoque. Tribuna do Norte

Nenhum comentário :

Postar um comentário