Governo do estado regulamenta Área de Proteção Ambiental Dunas do Rosado


Mais um trecho do Rio Grande do Norte passou a ser uma Área de Proteção Ambiental (APA): as Dunas do Rosado, entre os municípios de Porto do Mangue e Areia Branca. O local que possui mais de 16 hectares de extensão e abriga biomas da caatinga, campos dunares, tabuleiros costeiros e estuários, agora está regulamentado. A efetivação aconteceu através da assinatura de um decreto pelo governador Robinson Faria, na sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), em Natal. 

O processo de criação da APA levou 12 anos, após o Idema cumprir todos os procedimentos necessários para atender à legislação nacional. A regulamentação garante a preservação e o desenvolvimento sustentável da região. O governador Robinson Faria (PSD), destacou que essa é uma das áreas mais bonitas do Rio Grande do Norte e mostra que o governo está preocupado em desenvolver o turismo de forma sustentável e organizada. O chefe do Executivo potiguar reconheceu que a região da Costa Branca tem um grande potencial turístico, que aliado ao aeroporto de Mossoró, que segundo disse, vai inaugurar em breve, vai atrair cada vez mais turistas para conhecer as belezas naturais potiguares. 

O prefeito de Porto do Mangue, Sael Melo, ressaltou que a ação representa um marco para o município, já que a área passará a ter leis de proteção e terá a definição de como será utilizada e desenvolvida, além de preservar o meio ambiente e o ecossistema local. A informação é do site oficial do Idema.

Da redação da Princesa

Comentários