Protesto: Pais e Alunos reivindicam início do ano letivo no CEEP em Alto do Rodrigues-RN



Um grupo de pais e alunos estiveram reunidos nesta sexta-feira (23), em frente ao Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP), em Alto do Rodrigues, para protestarem e pedir o início do ano letivo e a reabertura que encontram-se com as aulas paralisadas devido falta de luz, água e merenda.
 


O grupo se reuniu de frente a instituição com carro de som, onde pais e alunos falaram acerca dos problemas que impedem o início das aulas.  



De Carnaubais, o vereador Nicolau Cavalcante que também é professor, veio dar apoio ao protesto parabenizando a população pelo ato e coragem de virem até as margens da escola fazer o clamor até que cheguem as autoridades e providências sejam tomadas.



A maioria das mães cobraram o início das aulas, que até o momento não se tem previsão devido a problemas no prédio da instituição, como a falta de energia e outras coisas.  



Cerca de 300 estudantes estão com as atividades escolares suspensas.
 

De acordo com o pai de uma das alunas, Manoel Cunha, entre as queixas dos pais dos alunos estão a falta de manutenção na escola, que se encontra coberta por matagal, gambiarras na energia elétrica, perigo exposto aos alunos. 

Manoel também reclamou a ausência de alguns vereadores, inclusive os que são ligados ao partido do governador (PSD), que de acordo com o mesmo, nada fazem para correrem em busca de melhorias para a instituição.

Seu Manoel e Nicolau Cavalcante vereador de Carnaubais, nos mostrou parte da precariedade e abandono de um órgão estadual que tem tudo pra ser modelo no Vale do Açu.  




Aqui o matagal toma de conta das mediações da escola. 



A luz, que de acordo com o que foi dito durante o protesto, era clandestina, ou seja durante todo o ano não houve ligação para o prédio a não ser um socorro que era puxado do canteiro de obras da empresa que construiu o prédio e foi embora.




Na imagem é possível ver que o cabo de energia era enterrado, o que com as chuvas um dos poster feito de madeira veio a ceder impedindo o fornecimento da energia.



De acordo com deu Manel, que nos mostrou os arredores da escola, o fio exposto seria até um risco de choque elétrico para os alunos.  



A caixa de gordura é marcado com fita crepe, prova de um serviço mal feito e correndo risco de alguém cair. 



Dentre os protestos mães reclamaram que além do prédio ter sido inaugurado sem nem estar pronto, outro CEEP já estaria em andamento na cidade de Assú-RN.



Alunos da instituição também trouxeram seus recados ao governador, alegando que mesmo com início das aulas, ano passado, sempre foram debaixo de dificuldades. 




Um novo protesto foi anunciado, dessa vez os pais e alunos planeja irem para a avenida principal de Alto do Rodrigues, parando o trânsito na RN 118, para quem sabe assim, o protesto chegue até a governadoria e providências sejam tomadas.

Veja alguns vídeos de como foi o protesto.
 

Comentários