Nome de Magno Malta ganha força para ser o vice de Jair Bolsonaro

O presidenciável Jair Bolsonaro pelo Partido Social Liberal (PSL) tem preferência pelo senador Magno Malta (PR) para ser seu vice em 2018, segundo tem confidenciado a aliados mais próximos.  
A informação é do deputado federal Carlos Manato (Solidariedade), parlamentar que dá sustentação à candidato de Bolsonaro, que é bem colocado nas pesquisas eleitorais.
A composição da chapa Bolsonaro/ Magno Malta vem sendo formada por lideranças dos partidos envolvidos. Uma das exigências do presidenciável é que Magno assuma o compromisso de integrar o PR na campanha, o que representaria a ampliação do seu capital eleitoral. 
“Magno tem tudo para ser o vice de Bolsonaro”, afirma Manato, que foi o responsável pela visita do presidenciável ao Espírito Santo em 2017 e é um dos maiores estimuladores da campanha. 
Para Magno, a preferência de Bolsonaro representa alternativa à sua posição no cenário político capixaba, considerada em escala descendente. O que se deve, principalmente, ao crescimento do deputado estadual  e apresentador de TV, Amaro Neto (SD), que atua na mesma faixa do senador, ou seja, as camadas populacionais da periferia e o público evangélico. 
Amaro Neto tem quatro de cada 10 votos para o Senado, segundo levantamento que circula no mercado político, que aponta Magno como em baixa na avaliação dos eleitores.  
No ato de filiação de Bolsonaro ao PSL, realizada nessa quarta-feira (7), em Brasília, o senador capixaba foi citado várias vezes, confirmando as notícias de bastidores que dão como certa a composição, falando apenas detalhes para ser formalizada. 
Século Diário

Comentários