Caso Yasmin tem pelo menos dois suspeitos, diz Polícia Civil

Durante entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (24), a Polícia Civil revelou que uma pessoa foi conduzida à delegacia por suspeita de envolvimento no caso Yasmin.
Segundo a delegada-geral Adriana Shirley, o suspeito – que não teve identidade revelada – foi detido por ocultação de cadáver. “Preferimos não divulgar o nome dele. As investigações continuam. Poderemos ter novas informações nas próximas horas”, disse.
De acordo com a delegada Dulcinéia Costa, da Delegacia Especializada na defesa da Criança e Adolescente (DCA), há a possibilidade de outra pessoa ter envolvimento com o caso. No entanto, o segundo suspeito não foi localizado.
“O principal suspeito já foi identificado, mas ainda não foi localizado. Assim que acontecer, ele deverá se apresentar para prestar esclarecimentos”, informou.
A delegada Dulcinéia Costa acrescentou também que não é possível afirmar quantas pessoas participaram do caso.
Motivação
Outro fator destacado na coletiva foi a possível motivação do crime. De acordo com a delegada da DCA “ainda não é possível apontar um motivo”.
Chegada ao local
Costa ainda disse que a chegada à casa, que fica cerca de 150 metros de onde morava Yasmin, foi baseada nas investigações. “Não podemos dizer como chegamos ao local, mas foi baseado nas investigações”, concluiu.

Nenhum comentário :

Postar um comentário