Assú: “Só passam carros de passeio, motos, veículos que transportam oxigênio para os hospitais, viaturas e ambulâncias”, diz manifestante

Por volta das 04h desta segunda-feira, dia 28 e maio foi iniciado o bloqueio na RN 016. Pneus foram queimados na localidade de Nova Esperança entre Assú e Carnaubais.
Só estão passando carros de passeio, motos, veículos que transportam oxigênio para os hospitais, viaturas e ambulâncias. Os caminhoneiros estão entendendo o protesto num boa e sabem que não podem passar”, disse Tauan Tavares um dos líderes da manifestação.

Outro ponto de bloqueio é na comunidade rural de Santo Antonio que fica nas proximidades da rodovia estadual.
A gente vai ao supermercado e não pode mais comprar, vai aos postos e não pode abastecer com o combustível caro. O salário é uma miséria é tudo caro e que pretendemos é buscar melhorias para todo mundo assim como os caminhoneiros estão fazendo”, acrescentou Antonio Terto da Fonseca que também está a frente da ação.

A Polícia Rodoviária Estadual esteve no local. Um dos policiais explicou que até às 09h15 não havia determinação para o desbloqueio da via, e que a presença dos agentes tem por finalidade garantir a ordem. Não foi registrado qualquer ocorrência que fugisse a normalidade.
A gente quer segurança, saúde e educação que está tendo e essa é a forma que encontramos para reivindicar. Os caminhoneiros de uma forma e nós nos juntamos para também buscar o que estamos precisando”, completou Antonio Terto.

No quilômetro 106 da BR 304, próximo ao trevo de acesso a Paraú pela RN 233 a pista está liberada para o tráfego de veículos que transportam cargas vivas, além das ambulâncias, viaturas policiais, transporte de passageiros e carros de passeio. Os caminhões estão parados fora da pista na lateral e no pátio de uma empresa.

PROPOSTA DO GOVERNO
O presidente Michel Temer (MDB) anunciou neste domingo, seis medidas, sendo três novas medidas provisórias, para tentar encerrar a paralisação dos caminhoneiros. O presidente afirmou que elas vão provocar uma redução de 46 centavos no preço do litro de óleo diesel, que correspondem aos percentuais do PIS/Cofins e da Cide, somados. Segundo Temer, o governo irá cortar do orçamento, sem prejuízo para a Petrobras. Entre outros pontos do pacote estão o fim da cobrança de pedágio sobre o eixo suspenso dos caminhões em todas as estradas e o preço mínimo do frete. O impacto para os cofres públicos de todas as medidas é estimado em 10 bilhões de reais.

De acordo com a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) registrou em nota oficial, que as reivindicações foram atendidas e apresentou a lista.
. Redução até 31 de dezembro deste ano de R$ 0,46 no preço diesel
. Congelamento dos preços do diesel por 60 dias
. Após os 60 dias, os reajustes no valor aconteceram a cada 30 dias, o que permitirá certa previsibilidade do transportador para cobrança do valor do frete
. Extinção da cobrança de pedágio por eixo suspenso em rodovias federais, estaduais e municipais;
. Tabela mínima de frete
. Determinação para que 30% dos fretes da Conab sejam feitos por caminhoneiros autônomos.

Amigos caminhoneiros, voltem satisfeitos e orgulhosos para o trabalho. Conseguimos parar este país e sermos reconhecidos pela sociedade brasileira e pelo Governo deste país. Nossa manifestação foi única, como nunca ocorreu na história. Seremos lembrados como aqueles que não cederam diante das negativas do Governo e da pressão dos empresários do setor. Teremos o reconhecimento da nossa profissão, de que nosso trabalho é primordial para o desenvolvimento deste país. Voltem com a sensação de missão cumprida, mas lembrando que a luta não termina aqui”, apelou o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes.  
Da redação da Princesa

Comentários