Greve de caminhoneiros chega ao 7º dia com rodovias interditadas no RN

Protesto na BR-427, em Caicó (Foto: Sidney Silva)
A pesar de o governo federal ter autorizado o uso das forças armadas para impedir interdições nas estradas do país, boa parte das rodovias federais que cruzam o Rio Grande do Norte permanecem com bloqueios parciais. Na manhã deste domingo (27), a Polícia Rodoviária Federal informou que os bloqueios parciais permanecem neste que é o sétimo dia seguido de protestos contra o aumento do preço do óleo diesel.
Segundo a PRF, não houve aplicação de multas no estado nem foi registrada nenhuma prisão relacionada aos protestos.

Em consequência da paralisação dos caminhoneiros, o estado enfrenta problemas de desabastecimento de alimentos e gás de cozinha. O sábado também foi difícil para quem procurou combustíveis nos postos de Natal e de cidades do interior do estado. No final da tarde, porém, após negociação da PRF, manifestantes liberaram passagem de caminhões tanque para abastecer os estabelecimentos em Natal e região metropolitana.
Na indústria, produtores de sal e camarão – dois principais itens da pasta de exportações – também têm dificuldades para fazer escoar a produção. Na capital, a frota de ônibus está reduzida para evitar um colapso no sistema de transporte público. Do G1 RN

Nenhum comentário :

Postar um comentário