Lula defende Gleisi Hoffmann e reafirma que é candidato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e reafirmou que é candidato a presidente da República.
Numa carta pessoal enviada a ela, o petista desautoriza qualquer especulação de que poderia abrir mão da disputa para apoiar algum outro candidato, ou mesmo um nome do PT, o famoso” plano B”.
“Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir.”
Os rumores de que o PT poderia descartar a candidatura de Lula, até mesmo com a concordância dele, cresceram na semana passada, depois que o ex-governador da Bahia Jaques Wagner afirmou que o partido poderia indicar um vice na chapa de Ciro Gomes.
Gleisi reagiu afirmando que Ciro não passa no partido “nem com reza brava”. Já o pedetista disse ter “pena” dela.

Comentários