Nome do diretor do Idema é usado para aplicar golpes no Rio Grande do Norte

Rondinelle Oliveira disse que já acionou a polícia para investigar o caso
Pessoas ainda não identificadas estão usando o nome do diretor do do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Rondinelle Oliveira, na tentativa de aplicar golpes no Rio Grande do Norte. Na sexta-feira, 18, algumas autoridades, empresários e empreendedores foram contatados pelo golpista, que se identifica como diretor do Idema e pede dinheiro para pagar custos com veículos que levariam funcionários do Instituto para um congresso em Fortaleza. Em seguida, o golpista envia por Whatts App o número da conta poupança para depósito.
O diretor do Idema esclarece que a informação é falsa, absurda, e ressalta que o fato já está na polícia para as providências cabíveis.
“Fui surpreendido nessa sexta-feira com várias ligações de empresários desconfiados com os telefonemas recebidos, supostamente em meu nome, cujo golpista solicitava ajuda financeira no valor de 3 mil reais. Estive hoje cedo na polícia que já está trabalhando para identificar essas pessoas e aplicar as medidas adequadas para o caso”, afirmou Rondinelle.
O diretor afirmou ainda que continua com o número de celular, que já usa há alguns anos, e deixou claro que qualquer tentativa de contato, ligação ou mensagem por meio de outro número deve desconsiderada.
“Tenho o mesmo número de telefone há mais de 5 anos. Qualquer ligação recebida que não seja por meio dele, não está relacionada a mim”, disse.

Nenhum comentário :

Postar um comentário