Irritado, Ciro Gomes abandona congresso da de municípios em Minas


O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) confirmou a fama de ser esquentado e brigão. Ele se irritou com o formato do painel com pré-candidatos promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), nesta terça-feira, no Estádio Mineirão, e abandonou o evento no meio de sua participação.
Ciro chegou aplaudido pela plateia, fez sua apresentação inicial e, ao responder a primeira pergunta, irritou-se porque não conseguiu concluir no tempo. O estopim foi ao responder a segunda pergunta, o que o levou a deixar o palco quase sete minutos antes do término de seu tempo de fala, que totalizava 16 minutos.
Ciro Gomes reclamou que não viajou até Belo Horizonte para falar poucos minutos e de forma fragmentada. O formato incluía breve apresentação de cinco minutos, seguido de duas perguntas, que podem ser respondidas em três minutos cada. Os candidatos também tinham tempo de cinco minutos para considerações finais.
“Escuta, senão eu me retiro. Eu não sou demagogo, eu quero governar o Brasil para restaurar a autoridade dessa baderna que está acontecendo no nosso país. Eu vou consertar o Brasil restaurando a autoridade”, afirmou, depois de ser vaiado.
De acordo com a organização, todos os pré-candidatos sabiam antecipadamente do formato, mas Ciro não concordou com a limitação de tempo de três minutos para responder às perguntas. Ele ficou incomodado por ter sido interrompido ao responder a primeira pergunta, em que falava sobre a necessidade de mudar o sistema tributário, depois que o tempo se esgotou. Estado de Minas

Comentários