Três palanques disputam apoio de Rosalba Ciarlini

Com quem será… que Rosalba vai ficar.
De Mossoró chega a notícia de que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) só anuncia em qual palanque estará nos 45 do segundo tempo. O fato é que Rosalba virou a noiva de Carlos, Fátima (PT) e Robinson Faria (PSD).
O fato de ser prefeita da segunda maior cidade do Estado, gerou uma natural aproximação administrativa com o governador Robinson Faria. Mas, a parceria administrativa ainda não se transformou em apoio político.
A assessoria da senadora Fátima Bezerra já declarou que o PP, legenda que a ex-governadora faz parte, está no campo de alianças do Partido dos Trabalhadores.
Carlos Eduardo Alves visitou a prefeita de Mossoró, mas não teve resposta. A dificuldade de Rosalba em apoiar Carlos Alves tem nome e sobrenome: José Agripino Maia (DEM). O marido de Rosalba, Augusto Rosado se recusa a dividir o palanque com o senador que negou legenda para a esposa disputar reeleição de governadora. A mágoa é grande.
Curiosamente nenhum destes três pré-candidatos ao governo, Carlos Alves; Robinson Faria e Fátima Bezerra anunciaram os nomes de seus pré-candidatos a vice-governador. Pode não ser, mas parece que todos esperam a indicação e o apoio da líder de Mossoró. A noiva mais disputada para a eleição de 7 de outubro indiscutivelmente é a ex-governadora e a atual prefeita da terra de Santa Luzia, Rosalba Ciarlini.
Do Potiguar notícias

Comentários