Concurso da PF reabre inscrições e altera data de provas

O concurso da Polícia Federal (PF) foi retificado. As alterações foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (7/8) e alterou a data de aplicação das provas objetivas e discursivas, além de reabrir o período de inscrições para candidatos negros e com deficiência, apenas para algumas especialidades do cargo de perito.
A retificação foi feita em cumprimento à Recomendação nº  42/2018, expedida pelo 2º Ofício da Cidadania da Procuradoria da República do Distrito Federal (PRDF), visando dar oportunidade de ingresso para esses candidatos, pois, de acordo com a PRDF, faltava pluralidade e acessibilidade no edital.
Com isso, as provas que estavam previstas para 26 de agosto serão aplicadas em 16 de setembro. Apesar da publicação ter sido feita no DOU de hoje, as modificações também foram publicadas na última segunda-feira (6/8) pelo site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), que a banca examinadora da seleção.
O documento de retificação também prevê que a divulgação dos locais de realização das avaliações não acontecerá mais em 9 de agosto, mas 10 dias antes da primeira fase do concurso.
As inscrições para o cargo de perito foram prorrogadas até às 18h de 13 de agosto, somente para candidatos negros e com deficiência, pelo site do Cebraspe. A taxa custa R$ 250 e poderá ser paga, se necessário, até 29 de agosto. As oportunidades são para graduados em: engenharia (agronômica, química e florestal) química industrial, química, geologia, medicina e farmácia.
A quantidade de vagas não foi alterada, o concurso coninua oferecendo 500 vagas imediatas, sendo 150 para delegado, 60 para perito criminal, 180 para agente, 80 para escrivão e 30 para papiloscopista. Os salários iniciais variam entre R$ 11.983,26 e R$ 22.672,48, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.
Correio Braziliense

Comentários