Convocação: Itep chama até fim de outubro 172 concursados para compor quadro

Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) vai convocar 165 concursados
O diretor geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, informou que até outubro a Secretaria Estadual da Administração e Recursos Humanos (Searh) deverá estar convocando e nomeando os 172 concursados para o quadro de pessoal daquele órgão.
“Com isso, a gente vai lotar servidores no novo laboratório de DNA. que a gente criou, mas precisa de recursos humanos, coisa que a gente não tinha”, disse ele, que também afirmou que os novos contratados vão atuar no Itep de Pau dos Ferros, que está sendo criado e ainda instalar a criminalística em Caicó, onde só tem a medicina legal: “Então, quanto acontece uma morte violenta, fica faltando a perícia no local, lá só tem o exame do corpo e se perdia os vestígios do local do crime”, exemplificou.
Marcos Brandão informou, ainda, que a contratação de novos concursados vai permitir a recomposição da escala de perícia em Mossoró, bem como o plantão de 24 horas em Natal, que hoje é de 12 horas.”Também vamos oferecer atendimento 24 horas para crianças e mulheres que são vítimas de algum tipo de violência, que atualmente existe uma grande demanda”.
Brandão explica que o planejamento do Itep é para realizar ainda mais dois concursos públicos para, ao final de tudo, ocorrer a contratação de até 419 servidores fracionados em três concursos.
O edital de homologação do concurso do Itep foi publicada na edição desta quarta-feira, 8, do “Diário Oficial do Estado”, que por sua vez traz publicado, na edição do sábado, 4, todo o resultado do concurso. O candidato pode, inclusive, consultar individualmente seu desempenho através do link Boletim de desempenho final, disponível no mesmo endereço eletrônico do Instituto responsável pelo certame por até 30 dias ou até 4 de setembro.
De acordo com o resultado do concurso, foram homologadas as classificações de 25 agentes de necrópsia, mais 32 agentes forenses e 49 médios legistas e 49 peritos criminais, além de 17 concursados portadores de deficiência. Do Agora RN

Comentários