Ciro Gomes diz que terceirizar atividade-fim é ‘praticamente uma volta à escravidão’

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou nesta sexta-feira (31) a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade da terceirização de atividade-fim e disse que a medida é "praticamente uma volta à escravidão” e que "já, já o Brasil vai revogar a Lei Áurea".
Como parte da sua agenda de campanha, o presidenciável se reuniu com sindicalistas em Lages (SC). Ele deu a declaração ao visitar a Casa do Trabalhador, que abriga 12 sindicatos de três centrais sindicais.
"Nenhum país do mundo cresce ou se sustenta economicamente introduzindo no mundo do trabalho insegurança jurídica e insegurança econômica. Terceirização de atividades-fim é praticamente uma volta à escravidão", afirmou.
E ironizou: "Se nós não interrompermos, pararmos esse movimento, o Brasil vai já, já revogar a Lei Áurea e restaurar a escravidão'.

Comentários