Code girl: evento no IFRN promove a participação feminina na área de TI

 
Em sua 6ª edição, interessados já podem se inscrever


Ocorrerá no dia 26/10, no Campus Natal-Central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), a 6ª edição do evento Code Girl. Iniciado por estudantes do Instituto, com coordenação da professora Cláudia Ribeiro, o evento tem o objetivo de mudar o quadro de participação feminina na área de Tecnologia da Informação no Brasil.
De acordo com Cláudia Ribeiro, o Code Girl conta com palestras de mulheres da área para motivar alunas a seguirem essa profissão e provar a importância da inclusão para o sucesso em um ambiente de trabalho.
“Como professora, eu tenho poucas alunas. Quando me via em sala de aula observando a imensa maioria de homens, era frustrante para mim não ver meninas”, explica Cláudia, que se juntou com duas alunas para criar o projeto. Após o início do Code Girl em 2013, a professora declara que já observa mudanças, incluindo um índice maior de meninas concluindo cursos da área tecnológica e ingressando neles.
Cláudia acrescenta ainda que, apesar do foco ser as meninas, os meninos também são bem-vindos ao Code Girl: “tem muitos meninos que participam (no Code Girl) e a gente faz questão que eles compareçam para entender. Eles se relacionam muito melhor com as meninas em equipe, eles ficam muito mais abertos a receber a contribuição da menina, porque, às vezes, o que acontecia era: em trabalhos de grupo, alguns papéis eram automaticamente encaminhados para meninas, como documentação, e a parte de codificação, algo que eles achavam mais difícil, ficava para eles. Agora você pode ver meninos usando a camisa do Code Girl”.​

Comentários