Polícia Federal anuncia prisão de suspeito de ter esfaqueado Bolsonaro em Juiz de Fora

Bolsonaro foi levado para o hospital e passa bem (Foto: Fabio Motta/Estadão)
O candidato à Presidência da República do PSL, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG) na tarde desta quinta-feira, 6. O presidenciável foi levado para o hospital e passa bem, segundo familiares. De acordo com Flavio Bolsonaro, filho do presidenciável, o ferimento foi superficial. O suspeito foi preso, segundo a Polícia Federal.
Dois dos filhos de Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) se manifestaram no Twitter sobre o estado de saúde do presidenciável.
Segundo os filhos de Bolsonaro, o ferimento foi superficial e ele passa bem. “Jair Bolsonaro sofreu um atentado agora em Juiz de Fora, uma estocada com faca na região do abdômen. Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!”, escreveu Flávio, que é candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro.
Candidato à reeleição como deputado federal por São Paulo, Eduardo disse que “há muita notícia desencontrada”, mas disse que chegou até ele que seu pai “está fora de risco de morte”. “As informações que tenho são preliminares e neste tipo de situação sempre há muita notícia desencontrada. Mas chegou a mim que Jair Bolsonaro foi esfaqueado num evento em MG, mas está fora de risco de morte. Peço que orem por ele e sabendo de algo mais público aqui”, escreveu.

Comentários