No RN, 72 municípios estão com reforço de tropas federais

Foto: 7ª Bda Inf Mtz
As eleições do segundo turno no Rio Grande do Norte terão novamente o reforço de tropas federais. Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE), os militares garantirão a segurança em 72 municípios potiguares. São 25 cidades a menos em relação ao primeiro turno do pleito que aconteceu dia 7.
Cerca de 2.500 de militares fazem a segurança nos municípios. As tropas são formadas com militares do próprio Rio Grande do Norte, da Bahia, da Paraíba e de Pernambuco. Eles serão distribuídos em 616 locais de votação, representadas por 28 zonas eleitorais.
Conforme o TRE, a redução de 97 cidades para 72 deve ocorrer “por se tratar de um turno mais simples e tranquilo” atende à demanda dos juízes eleitorais. “O pedido segue para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que seja autorizado o envio do exército. No mais, as forças estadual e municipal (guarda municipal) serão mantidas”, informou.
Além do Rio Grande do Norte, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o envio de tropas federais para 356 localidades do Acre, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Rio de Janeiro e Tocantins.
Curiosidades do primeiro turno
– O primeiro voto no RN foi registrado às 08 horas e seis segundos;
– A primeira transmissão de boletim de urna foi realizada às 17h 18min 16seg;
– 80.075 eleitores justificaram ausência no primeiro turno;
– Abstenção no primeiro turno: 17,12%;
– Tempo médio para habilitação do eleitor: 29 segundos;
– Tempo médio de votação por eleitor: 01 minuto e 07 segundos;
– Média de eleitores por hora no RN: 30 pessoas;
– Biometria: 86,32% dos eleitores do RN tiveram o reconhecimento biométrico, dos quais 65% foram na primeira tentativa.

Comentários