Enem vai mudar e terá dias de prova geral e específica, afirma ministro da Educação

O Ministério da Educação (MEC) afirmou nesta terça-feira (20) que, a partir de 2021, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverá ter um dia de prova para avaliar conhecimentos específicos, de acordo com opção feita pelo aluno.
O teste continuará dividido em dois dias: no primeiro, os alunos respondem a perguntas gerais, referentes à Base Nacional Curricular. Já no segundo, serão avaliados os chamados “itinerários formativos”.
“O Enem 2019 não terá mudanças significativas. Provavelmente, em 2020 ainda teremos o Enem no mesmo formato. De 2021 pra frente teremos a mudança. A diretriz aponta qual será o caminho. Hoje, os alunos fazem a prova das mesmas áreas do mesmo jeito”, afirmou o ministro Rossieli Soares.
“A diferença será que a prova vai ser feita, no primeiro dia, conforme a Base Nacional Curricular. No segundo dia, será com uma área escolhida do conhecimento, conforme os referenciais dos itinerários”, afirmou o ministro da Educação.

Comentários