Guamaré: Prefeita interina perde batalha na justiça

Prefeita interina Diva Araújo
O vereador Emilson de Borba Cunha (PR) “afastado pela justiça” renunciou ao cargo de presidente da Câmara Municipal de Guamaré. O ato aconteceu em sessão ordinária realizada na tarde desta terça-feira (20), no plenário da Casa. Sua decisão causaria efeitos no poder executivo e legislativo, mudando o cenário politico.
Com a renúncia de Lula, a presidenta interina, vereadora Eliane Guedes, de logo cumpriu o regimento interno, publicou de imediato o edital, marcando a nova eleição para eleger a nova mesa diretora, com vagância do cargo da presidência para o próximo dia 23 de novembro de 2018 às 17 horas.
Essa decisão não deixou nenhum pouco a Prefeita Interina Diva Araújo contente, pois com essa decisão inesperada por ela, o novo presidente eleito assumirá de imediato a Prefeitura, e Diva volta a ocupar a cadeira de vereadora no legislativo.
A Prefeita entrou na justiça pedindo o efeito suspensivo da decisão da Câmara Municipal. Mas a justiça de Macau negou, indeferido o pedido, determinado que o poder legislativo cumpra o regimento, realizando nova eleição da mesa diretora. Guamaré em Dia

Comentários