Haddad criticado por professores da USP

Empresários que apoiam o Insper, instituição sem fins lucrativos dedicada ao ensino e à pesquisa, ameaçam abandonar projetos e o programa de bolsas de estudos caso Fernando Haddad, candidato derrotado na disputa presidencial, seja reintegrado ao quadro de professores.
Licenciado da USP, o político do PT leciona nas disciplinas de administração e gestão pública e tirou licença de 90 dias por causa da campanha eleitoral. O retorno está previsto para o ano que vem.(Ricardo Boechat – Folha de S.Paulo)

Comentários