FOTOS: Biblioteca Câmara Cascudo reaberta após seis anos fechada

Fotos: João Vital
Após seis anos fechado, o prédio da Biblioteca Câmara Cascudo foi entregue nessa quinta-feira (20) pelo Governo do Estado após passar por uma ampla reforma. Com 49 anos de existência, o prédio histórico se destaca não só pela relevância cultural, mas também educacional e turística. Por meio do projeto Governo Cidadão e Secretaria de Turismo, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, foram investidos R$ 2 milhões em obras e equipamentos para devolver a Biblioteca à população natalense.
Foram feitos os serviços de cobertura, instalação hidráulica, elétrica, climatização, combate a incêndio, elevadores, plataformas e acessibilidade, pisos e revestimentos, esquadrias de alumínio, grades de proteção e sistema de segurança. Além disso, a construção de salas de vídeo com ilhas de edição, salas de estudo, lanchonete, auditório e espaço infantil todo equipado.
O presidente do Conselho Estadual de Cultura, Ivan Lira, relembrou com tristeza a época que passava em frente à Biblioteca e a via fechada. “Hoje o Governo do Estado está podendo devolver a dignidade a Natal e ao Rio Grande do Norte de possuir uma biblioteca pública aberta e em pleno funcionamento. É um ambiente de livros e pensamento que tínhamos carência na cidade. É um gesto simbólico e importante esse de hoje”, destacou.
O presidente da Fundação José Augusto, Amaury Júnior, ressaltou os mais de R$ 50 milhões investidos em cultura nos últimos quatro anos e o resgate da Biblioteca entre esses investimentos. “Natal ficou por muito tempo sendo a única capital do Brasil a não ter uma biblioteca pública aberta. A partir de hoje essa realidade muda e a cultura, a educação e o turismo recebem de volta este prédio histórico e muito importante para o Estado”, disse.
O governador Robinson Faria falou sobre a prioridade que o Governo do Estado deu à cultura e ao turismo. “Com a entrega da Biblioteca, ganham os educadores, atores da cultura e principalmente os estudantes, os mais prejudicados com seu fechamento. Ganha também o turismo, porque é mais um prédio histórico restaurado e aberto à visitação”, encerrou.
Histórico
A Biblioteca Câmara Cascudo foi criada em 08 de abril de 1963 junto à Fundação José Augusto, no governo de Aluízio Alves. Sua inauguração aconteceu em fevereiro de 1969 sob a gestão governamental de Walfredo Gurgel e de Ilma Melo Diniz e Zila Mamede, na FJA. Em 12 de agosto de 1970 foi doado o prédio que sedia a Biblioteca, na Rua Potengi, em Petrópolis.
O acervo da Biblioteca conta com mais de 100 mil exemplares dentre livros, revistas, jornais, DVDs, fitas VHS e cassete, CDs e uma hemeroteca com recortes de cerca de 200 assuntos. Todos seus arquivos estão guardados na Cidade da Criança à espera de serem realocados ao seu local de origem.
Fechada desde 2012, teve seu projeto de restruturação retomado em agosto de 2017, por meio dos recursos do Governo Cidadão, após complicações no contrato das obras anteriores.
Fotos: João Vital

Comentários