Criminosos explodem viaduto e queimam ambulância no 10º dia de ataques no Ceará

Veículos seguem sendo queimados no décimo dia consecutivo da onda de violência no Ceará que começou em 2 de janeiro
A onda de violência no Ceará chegou ao 10º dia consecutivo nesta sexta-feira (11) depois que criminosos tentaram explodir mais um viaduto na capital Fortaleza e colocaram fogo numa ambulância nesta madrugada. A Força Nacional e a Polícia Militar tentam conter os ataques desencadeados em forma de protesto à fala do novo secretário de Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque, escolhido pelo novo governador do Ceará, Camilo Santana (PT).
Ao todo, a série de ataques já contabiliza 187 ações criminosas em 43 das 184 cidades do estado desde o dia 2 de janeiro nesta que já é a onde de violência no Ceará mais longa da história.
Em contrapartida, o governo federal, através do novo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o envio de mais 106 homens da Força Nacional para reforçar o contingente.  Eles se juntam aos mais de 300 outros agente federais que já estavam no estado desde o sábado (5). Do Último Segundo – iG

Comentários