INSS cria regras mais rigorosas para empréstimos a aposentados e pensionistas

Aposentado ou pensionista… Quando as contas ficaram maiores que o benefício, você já se cedeu a esse tipo de propaganda?
Agora, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) criou regras mais rigorosas para evitar que aposentados e pensionistas percam o controle e as dívidas virem uma bola de neve. Quando alguém pegar um empréstimo com desconto no benefício, a instituição financeira vai ficar proibida de oferecer novos empréstimos ou cartão de crédito para essa pessoa durante os seis primeiros meses.
E, mesmo que ela queira pegar empréstimo em outra financeira, o benefício ficará bloqueado para esse tipo de contrato. Só o próprio aposentado, pensionista ou representante legal poderá desbloquear o uso do benefício para essa finalidade.
O economista José Luiz Pagnussat alerta que as financeiras aproveitam a facilidade na contratação desse tipo de empréstimo para incentivar as pessoas a se endividarem. O limite de endividamento continua o mesmo: até 35% da renda líquida – ou seja, o benefício já com descontos, como Imposto de Renda e pensão alimentícia.
Outra mudança é para quem pega crédito consignado: será necessário que o cliente pré-autorize o empréstimo. O objetivo é evitar fraudes. Isso porque às vezes golpistas aproveitam que muitos aposentados e pensionistas não têm tanta familiaridade com a tecnologia para roubar informações pessoais e dados bancários. E pedem empréstimo em nome das vítimas.

Comentários