Rogério Marinho com o pé no PSL

Sem a aceitação oficial do PSDB para participar do governo Bolsonaro (PSL), o deputado federal Rogério Marinho, que será secretário no ministério do Trabalho e da Previdência pode deixado o partido. A filiação de Marinho ao PSL é questão de tempo.

Comentários