Royalties do petróleo geram equilíbrio financeiro para Apodi

Muitos municípios brasileiros vêm enfrentando dificuldades ao longo dos últimos anos no tocante à saúde financeira de suas receitas. Queda no repasse de recursos federais tem sido o principal gargalo, refletindo na redução de verbas para saúde, educação e assistência social. Setores primordiais para qualquer gestão pública.
Em Apodi, município da região Oeste potiguar, a atual administração, liderada pelo prefeito Alan Silveira, tem ampliado os esforços para driblar o atual momento econômico do País zelando pela boa aplicação dos recursos disponíveis. Em 2018, por exemplo, o Município encontrou nos royalties do petróleo uma saída para garantir os investimentos junto à população.
Royalties são os valores em dinheiro pagos pelas empresas aos governos dos locais produtores (Municípios, Estados e União) para ter direito à exploração do petróleo.
Serviços como transporte e merenda escolar, iluminação pública, material para operação tapa-buraco, recuperação das estradas vicinais, medicamentos, material médico-hospitalar, contrapartida em obras públicas estaduais e federais, além de obras realizadas com recursos próprios, foram alguns dos setores atendidos no remanejamento financeiro adotado pela Prefeitura de Apodi. Através da arrecadação de royalties de petróleo, foi possível investir em várias áreas do município.
Mesmo enfrentando uma crise econômica agravada pelo desemprego, onde os serviços de saúde e educação públicos registraram aumento de demanda, nas quais trabalhadores que perderam o convênio médico ao serem demitidos se viram obrigados a buscarem atendimento em Unidades Básicas de Saúde e também deixaram de pagar escola particular e transferiram os filhos para escolas municipais, a Prefeitura de Apodi não mediu esforços e conseguiu administrar com responsabilidade o dinheiro público.
Recursos para fardamento escolar, equipamentos, mobílias, material esportivo, internet nos prédios públicos, transporte escolar estadual para garantir o acesso à escola em dia, convênios com Associação dos Estudantes de Nível Técnico e Superior de Apodi (AENTES), aluguel de prédios públicos, carros, máquinas, combustível, manutenção de secretarias, de transportes, eventos do Município no campo religioso, cultural, esportivo, festivo, dentre outros, fizeram parte de uma série de medidas que a gestão pública desempenhou em favor da saúde financeira da cidade e do bem-estar social.
“Como gestor público, tenho o dever e obrigação de primar pela boa qualidade na administração dos recursos e transparência de nossas ações. Entendemos que é desta forma que conseguiremos melhores resultados e manutenção de serviços importantes para população”, destaca o prefeito de Apodi, Alan Silveira. Portal no Ar

Comentários