Maduro diz que vai fechar fronteira da Venezuela com o Brasil

O ditador venezuelano Nicolás Maduro afirmou nesta quinta-feira (21) que a Venezuela vai fechar sua fronteira com Brasil nesta noite, a partir das 20 horas, (horário local). “A partir das 20 horas de hoje, quinta-feira, 21 de fevereiro, ficará fechada total e absolutamente até novo aviso, a fronteira com o Brasil”, afirmou o líder chavista.
Maduro também avalia fechar a fronteira com a Colômbia. Há duas semanas, ele impede que ajuda humanitária vinda dos Estados Unidos e de outros países entre no país por meio do vizinho colombiano, já que colocou o Exército no local para fazer a barreira. O argumento do ditador é que o envio de alimentos e remédios é apenas um pretexto para o governo norte-americano fazer uma interdição militar na Venezuela.
Nesta quinta-feira, Guaidó iniciou uma viagem de 800 quilômetros à fronteira da Colômbia, com o objetivo de pressionar para a entrada de ajuda humanitária.
Ajuda brasileira
Na última terça-feira (19), o governo brasileiro anunciou que vai entregar ajuda humanitária internacional para a Venezuela pelo estado de Roraima. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otavio do Rêgo Barros, a medida atende a um pedido do presidente interino do país, Juan Guaidó.
Em entrevista coletiva Rêgo Barros disse que a ajuda, que será proveniente de vários países, vai ser recolhida por representantes de Guaidó: “ajuda que inclui alimentos e medicamentos será disponibilizada em Boa Vista e Pacaraima, para recolhimento pelo governo do presidente encarregado Juan Guaidó por caminhões venezuelanos conduzidos por venezuelanos”.

Comentários