ABRIL VERDE: RN registra 13 acidentes de trabalho por dia

 
Último Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho da Previdência Social aponta 21 óbitos e 158 incapacidades permanentes em trabalhadores no estado

Neste mês, acontece o movimento Abril Verde, voltado para a conscientização e prevenção de acidentes de trabalho. Os dados mais recentes da Previdência Social para o Rio Grande do Norte são de 2017 e registram 5.090 acidentes de trabalho. Uma média de um acidente a cada duas horas.
Rodolpho Leite, gestor da Clínica CEDA (referência em saúde ocupacional na Região Metropolitana de Natal),  fala da importância desse movimento. “O objetivo é alertar e mobilizar a sociedade para a prevenção de acidentes e das doenças relacionadas ao trabalho. É preciso estimular a construção de uma cultura da prevenção”, avalia.
Ele afirma ainda que prevenir acidentes e cuidar da saúde e bem-estar dos colaboradores de uma empresa ainda segue sendo a melhor alternativa para evitar fatalidades e transtornos.
Ainda sobre os dados relatados, Rodolpho pondera que o número de acidente pode ser ainda maior. Isso porque o relatório conta apenas os acidentes registrados na Previdência Social. “A informalidade de algumas empresas pode mascarar esses dados e a quantidade de trabalhadores impactados pode ser ainda maior”, finaliza.


Sobre o Abril Verde

O mês de abril foi escolhido em referência ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, comemorado no dia 28 de Abril, onde no ano de 1969, uma explosão em uma mina da cidade de Farmington, na Virgínia, nos Estados Unidos, acabou com 78 trabalhadores mortos, caracterizando o episódio como um dos maiores e mais conhecidos acidentes trabalhistas da humanidade.

Comentários