Governo do Estado vai contratar 122 agentes penitenciários este ano

Antenor Roberto, secretário Raimundo Alves, representantes da área de Segurança 
e dos concursados 
O Governo do Estado mantém o compromisso de reforçar o sistema penitenciário do Rio Grande do Norte e confirmou a nomeação de 122 novos agentes penitenciários concursados dentro do limite das vagas em aberto. As convocações estão previstas para os meses de julho e outubro.
O anúncio foi feito pelo vice-governador Antenor Roberto (PC do B), após reunião com uma comissão de representantes dos concursados e mais o chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, os secretários de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), Pedro Florêncio, da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Francisco Araújo, e o procurador geral do Estado, Luis Antonio Marinho, nesta segunda-feira, 27.
Antenor Roberto reafirmou o compromisso da administração e da governadora Fátima Bezerra (PT) em convocar os concursados até o preenchimento de todas as vagas abertas. “Com essa determinação, a governadora Fátima Bezerra também garante que o sistema prisional, agora ampliado com novos agentes, vai também proporcionar um melhor atendimento aos familiares, aos advogados e àqueles que estão sob custódia do Estado”, enfatizou.
 
A equipe econômica estudou o impacto financeiro e a Procuradoria Geral do Estado analisou a contratação considerando as limitações impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Governo tem estes balizamentos que precisam ser respeitados observando a segurança jurídica dos seus atos e a capacidade financeira.
Fotos: Sandro Meneses

Comentários