Hospital Onofre Lopes supera 2.200 atendimentos e mutirão se torna um dos maiores da história da instituição

Ainda estava escuro, por volta das 3h, quando a dona Maria da Penha, de 72 anos, chegou ao ambulatório do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para buscar assistência no ‘Mutirão da Tireoide’, ação que se tornou uma das maiores mobilizações em saúde da história da instituição, envolvendo mais de 80 colaboradores e superando 2.200 atendimentos, entre consultas e exames.
“Busco a cerca de seis meses por consulta com um endocrinologista, justamente para verificar o funcionamento da tireoide, então esperar algumas horas eu tiro de letra. O mutirão foi a oportunidade de chegar em algo especializado”, explicou dona Maria da Penha.
“Os números exatos ainda serão consolidados, mas os primeiros colaboradores, logo que chegaram, perceberam que se trataria de um dia atípico. É gratificante para quem atua na saúde pela quantidade de beneficiados, pois tínhamos meta de 700 atendimentos e mais que triplicamos a expectativa. No entanto, preocupa a evidente e enorme demanda reprimida enxergada hoje”, destacou a coordenadora da ação, a médica endocrinologista Fátima Baracho.
(mais…)

Comentários