Segurança melhorou para 30,59% dos potiguares, diz pesquisa Fiern/Consult

Segurança e saúde pública, geração de empregos foram alguns dos pontos avaliados pela pesquisa FIERN/Consult. “Qual o sentimento com a segurança pública?”, “A saúde pública e a geração de irão melhorar ou piorar?” foram alguns dos questionamentos feitos.
Comparando com os últimos seis meses, para 30,59% a sensação é que a segurança pública melhorou; para 52,59% está igual; e para 13,18% está pior.
As expectativas para saúde pública estão positiva para 31,12%, enquanto que para 18,41% vai piorar e para 39,29% será igual.
Sobre como será a geração de emprego durante a gestão Fátima Bezerra, 29% acreditam que vai melhorar, 35,41% acham que permanecerá será igual e 12,82% não souberam dizer.
Para 59,12% dos potiguares, o trabalho desenvolvido pela atual gestão para solucionar o pagamento dos salários atrasados de 2017 e 2018 dos servidores estaduais é ótimo ou bom, enquanto 25,88% consideram o trabalho regular e 7,47% avaliam como ruim e péssimo.
Em pergunta aberta , quando o entrevistado cita respostas espontaneamente, sem catalogação ou indução, foi perguntado sobre os pontos positivos da gestão. Destacaram-se respostas sobre o pagamento dos salários em dia, sobre a existência de um calendário para os pagamentos e os esforços para quitação dos salários atrasados. Quando instados a apontar os pontos negativos, os entrevistados apontaram a falta de investimentos em segurança e a má qualidade da saúde pública.
Confira a pesquisa na íntegraPesquisa Rio Grande do Norte FIERN 17 a 20 05 2019

Comentários