UFRN, Ufersa e IFRN apresentam a deputados federais relatório com impactos do corte no orçamento

Reitores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) entregaram nesta segunda-feira (13) para deputados federais do Rio Grande do Norte um documento que aponta o nível de atuação atual e os possíveis impactos que serão causados nas instituições pelo corte anunciado pelo Ministério da Educação de 30% no orçamento previsto para 2019.
O documento mostra, de forma resumida, a atuação e o alcance das instituições públicas federais em todo o Rio Grande do Norte. Os números presentes no relatório apontam que UFRN, Ufersa e IFRN tem 41.456 estudantes matriculados atualmente, o que representa 36% do total de estudantes do ensino superior no estado. O relatório indica ainda que as instituições formaram 6 mil novos profissionais em 2017.
Estiveram presentes na reunião com os reitores os deputados Rafael Motta (PSB), Natália Bonavides (PT) e Benes Leocádio (PTC), além do senador Jean-Paul Prates (PT). O senador Styvenson Valentim (PODEMOS) enviou um representante.

Comentários