Até Fátima Bezerra (PT) é a favor da Nova Previdência de Bolsonaro


Blog Image



Não adianta protestos, gritar por "Lula Livre" e ser contra as reformas do governo Jair Bolsonaro (PSL). Não tem saída, ou o Congresso aprova as reformas ou o Brasil quebra. 
E pensando nisso, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), se uniu ao grupo de 25 governadores que assinaram uma carta pedindo para manter os estados na Nova Previdência. O Documento será apresentado na terça-feira, 11, no Fórum de Governadores, em Brasília; Rui Costa (PT-BA) e Flávio Dino (PCdoB-MA) foram os únicos que não assinaram.
A proposta atual do Mininistro Guedes prevê economia de R$ 350 bilhões em 10 anos para os estados, caso os servidores estaduais sejam mantidos na proposta.
No documento, os governadores argumentam que obrigar as gestões estaduais e municipais a aprovar mudanças em seus regimes previdenciários por meio de legislação própria, enquanto tais alterações já estão previstas na proposta em análise no Congresso, representa “não apenas atraso e obstáculo à efetivação de normas cada vez mais necessárias, mas também suscita preocupações acerca da falta de uniformidade no tocante aos critérios de previdência a serem observados no território nacional”.
Os governadores argumentam que, caso não sejam adotadas medidas para a solução do problema, o déficit nos regimes de aposentadoria e pensão, que hoje é de aproximadamente 100 bilhões de reais por ano, pode quadruplicar até 2060.

Com informações: Veja

Comentários