Casa de suspeito de matar mulher grávida e filha dela de 4 anos é incendiada na Grande Natal

Incêndio aconteceu no momento em que os corpos das vítimas estavam sendo sepultados. Não havia ninguém na residência. — Foto: PM/Divulgação
A casa de um homem suspeito de ter participado do assassinato de uma mulher grávida de quatro meses e da filha dela, uma criança de 4 anos, foi queimada na noite deste domingo (2). O incêndio aconteceu no momento em que os corpos de Mayara Maria da Silva, de 20 anos, e da filha dela, a pequena Lara Emmilly, estavam sendo sepultados. Não havia ninguém na residência.
A mãe e a filha – além do bebê que estava na barriga – foram vítimas de disparos de arma de fogo na madrugada, em uma estrada na zona rural de Nísia Floresta, quando voltavam para casa depois de participarem de uma festa.
Do G1 RN

Comentários