EUA proíbe embaixada no Brasil de hastear bandeira LGBT


O governo Donald Trump proibiu embaixadas dos Estados Unidos no exterior, inclusive no Brasil, de hastearem a bandeira do orgulho LGBT em seus mastros durante o mês de junho, que é dedicado a essa comunidade.
A informação é da emissora NBC, que cita três diplomatas americanos. O governo de Barack Obama havia concedido uma permissão generalizada para embaixadas exibirem o estandarte do arco-íris, mas o Departamento de Estado revogou essa decisão.
A NBC cita as embaixadas em países como Brasil, Alemanha, Israel e Letônia como exemplos. A medida vai de encontro à campanha lançada pela Casa Branca para descriminalizar a homossexualidade em todos os países e a uma recente declaração de Trump, que reconheceu a “extraordinária contribuição” do público LGBT.
As bandeiras, no entanto, poderão ser expostas em outras áreas internas e externas das embaixadas.
Ansa

Comentários