Pescadores do RN ficam à deriva e são resgatados após 10 dias no mar

Tripulantes ficaram vários dias à deriva no barco “Aderbal” entre o litoral potiguar 
e o cearense (Foto: Divulgação)
Dois pescadores do Rio Grande do Norte que ficaram à deriva no mar foram resgatados na noite de quarta-feira, 26, segundo confirmou a Marinha do Brasil na quinta-feira, 27. A embarcação “Aderbal” havia deixado o município Caiçara do Norte, no litoral potiguar, no dia 18 de junho e foi encontrada já na altura do Ceará. Segundo a família de um dos homens, eles pretendiam ficar apenas quatro dias no mar, mas passaram 10.
Em nota, a Marinha informou que tomou conhecimento do desaparecimento da embarcação ainda nesta quarta-feira (26) e “iniciou uma Operação de Busca e Salvamento, coordenada pelo Salvamar Nordeste, que deslocou os navios-patrulha Grajaú e Goiana, além de uma equipe de busca e salvamento da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, para realizar buscas”.
Um alerta foi emitido para as embarcações da região. Ainda de acordo com a Marinha, o “Aderbal” foi localizado, a deriva e com os seus tripulantes a bordo, na área marítima do Ceará, próximo ao município de Fortim. A embarcação foi rebocada por uma outro barco de pesca que navegava nas imediações.
Segundo a família de um dos pescadores, os homens foram encontrados com fome e sede, mas receberam atendimentos e devem chegar ao Rio Grande do Norte nesta sexta-feira, 28. (Com informações G1 RN).

Comentários